0

NADA É MAIS DIFÍCIL DE EXECUTAR DO QUE DAR INÍCIO A UMA NOVA ORDEM DAS COISAS

Está comprovado cientificamente: O ser humano tende ao comodismo. Esse é um mecanismo de autodefesa do cérebro que sempre busca estabilidade visando economizar processamento mental.

É importante ter em mente que essa realidade existe inequivocamente e não se trata de um discurso motivacional barato. Estudos do campo da neurociência comprovam essa tese.

O que isso traz como consequência ao seu desenvolvimento pessoal e, sobretudo, profissional?

A primeira e mais óbvia constatação: resistência ao novo e tendência a manter o modelo atual. Leia mais…

Todo Rico é desonesto. Será?

Dia desses pesquei um comentário a respeito de um empreendedor de um dos nossos Estudos de Caso que me deixou com a pulga atrás da orelha e disparou uma baita reflexão pessoal que quero compartilhar com você.

Ao conhecer uma das histórias mais instigantes que estudamos em nosso projeto (daquelas que o cara começa do nada e construiu um projeto sólido ao longo dos anos), uma pessoa comentou “Eu não acredito que aqui no Brasil é possível enriquecer sem transgredir nenhuma lei”. Na verdade, o subtítulo dessa visão é o seguinte: não é possível ser rico no país honestamente.

Hummm….Observaçãozinha capciosa, mas vamos lá.

Essa sentença está mais presente no imaginário popular do que pensamos. De tanto ser repetida, caiu na vala do senso comum (como detesto esse cara…). Leia mais…

PERIGO À VISTA!!

Está na Exame de Fevereiro uma pesquisa que me causou sentimentos contraditórios.

Trata-se de uma pesquisa realizada pela Firjan com 5.600 jovens de todos país na faixa etária entre 25 e 35 anos sobre sua relação com o empreendedorismo.

Ela evidencia uma tendência clara que observamos em diversas fontes: o desejo por empreender faz parte, cada vez mais, do ideário de jovens de todo Brasil.

O que me causou mixed feelings foram as respostas sobre os motivos que levam esse jovem a desejar empreender.
76% responderam que almejam realizar um sonho. Excelente!

Empreender, em sua essência, está relacionado a possibilidade de concretização de projetos pessoais, de sonhos ambiciosos.

Até aí, tudo bem. A porca começa a torcer o rabo quando analisamos um outro motivo explicitado por 64% dos entrevistados que desejam empreender para não ter chefe. Ops… Ler mais…

VENDA!!

VENDA!

Comecei a trabalhar com 18 anos com meu tio vendendo amendoim confeitado, balas e pirulitos para Distribuidores Atacadistas na periferia de SP. Sempre fui um vendedor.

Fiz pós-graduação e mestrado acadêmico. Minha tese foi sobre vendas.

Sou um autor de um livro sobre o tema (praticamente 2, pois a 2a edição foi quase toda reescrita).

Tudo que conquistei tanto material quanto intelectualmente tem um elemento em comum: vendas.

Faço todo esse preâmbulo para fortalecer um conselho: aprenda a vender. Se você já vende, nunca pare de estudar para aprimorar sua prática.

Esse conselho vale para qualquer faixa etária: se você é jovem, comece agora mesmo, não perca tempo; se você já tem mais experiência, nunca é tarde para começar. Leia mais…

Saiba como Thái Nghiã, fundador da Goóc e um dos caras mais resilientes que conheço, está encarando a crise

Essa semana promovemos, com muito sucesso, nosso primeiro evento do ano. Além da apresentação do emocionante documentário e Talk Show com Vilmar Ferreira, fundador da Aços Cearense e nosso Estudo de Caso atual, promovemos um bate papo com 3 empreendedores da pesada: Geraldo Rufino, fundador da JR Diesel; Eduardo Lyra, do Gerando Falcões e Thái Nghiã, da Goóc.

Esse último trouxe uma visão muito relevante sobre como tem encarado a crise no seu negócio que gostaria de compartilhar com você.

A história do Thái é um épico. Refugiado do Vietnã passou por toda sorte de adversidades até encontrar na Goóc a concretização de sua visão de mundo. O Thái é o típico empreendedor idealista que não abre mão de seus ideais na concretização de seu projeto.

No evento ele apresentou a receita com a qual decidiu lidar com a crise atual e construir um 2017 próspero. Ele irá atuar em cima de 4 Ps (não são os 4 Ps do Marketing): Leia mais…

UM 2017 REPLETO DE INCERTEZAS. QUAL É A SOLUÇÃO?

Vivemos em um mundo onde tudo está em aberto.

É absolutamente inócuo predizer o que irá acontecer em um ambiente tão instável. Raras vezes na história da humanidade, a incerteza teve um papel tão central quanto na atualidade.

Como planejar 2017 em um contexto como esse?

O caminho é orientar o foco as variáveis que você pode influenciar. Seu esforço será incipiente se você canalizar sua energia na busca por respostas para temas complexos do macro contexto como a definição da crise política no país ou para o impacto do governo Trump no mundo.

É evidente que esses são temas absolutamente críticos para o futuro da humanidade, porém orientar-se ao seu contexto particular nesse momento é o mais produtivo. Estou convencido que a importância de trabalhar sua mente para encarar essas adversidades é essencial.

A transformação começa em você e, acredite, só você poderá conquistar seus sonhos e projetos pessoais. É óbvio que sua caminhada será influenciada por fatores externos, afinal vivemos em um ecossistema complexo, repleto de inter-relações. Leias mais…