Escravos da Tecnologia

17 outubro 2018

Há algum tempo fiz um post onde relatava o nó que aconteceu no trânsito de São Paulo em Outubro do ano passado devido a um bug no Waze.

Pois nessa semana, os impactos invisíveis da tecnologia deram as caras novamente.

Inúmeras pessoas foram vítimas da mudança automática dos IPhones para o horário de verão. Como o Governo alterou a data inicialmente definida, os equipamentos não alteraram seus parâmetros e choveram relatos de indivíduos que chegaram 1 hora mais cedo a seus compromissos.

Quem me alertou desse impacto foi a Mari, minha filha mais nova, que sabiamente apontou: como seguimos a tecnologia sem pensar a respeito.

As promessas iniciais com a evolução tecnológica é que sobraria tempo para desenvolvermos nossa capacidade cognitiva. Tempo para ler, estudar...

O outro lado da moeda, no entanto, é a tendência de seguirmos, cegamente, as orientações da tecnologia, sem reflexão.

O episódio do IPhone funciona como uma metáfora ou alerta a respeito dessa tendência a alienação.

Ele deve despertar a reflexão sobre como nos portamos diante da adoção desmedida da tecnologia e os riscos de um processo de emburrecimento proveniente dessa dinâmica.

Essa discussão dá pano para manga. O que me inquieta é que ela está sendo explorada em poucos fóruns....