O Spotify avançando…

10 setembro 2018

Uma das características mais marcantes advindas da evolução tecnológica é a desintermediação de setores excluindo aqueles que, ou pouco criam valor aos agentes do mercado, ou esse valor pode ser aprimorado por meio da tecnologia.

É o que está acontecendo com as Cooperativas de táxis com os aplicativos de transporte, por exemplo.

Essa semana o Spoty, maior streaming de músicas do mundo, anunciou que está realizando contratos diretamente com artistas.

Sua abrangência atual é tão grande, com seus mais de 175 milhões de usuários em todo mundo, que consegue prover uma divulgação poderosa para esses músicos.

Por enquanto, esses contratos estão sendo realizados com artistas independentes, porém, nada impede da empresa de tecnologia invadir o quintal das outrora poderosas Gravadoras.

Mais um movimento estratégico que mostra como a tecnologia abala as estruturas de setores inteiros em um movimento incessante.

Ainda existem dúvidas sobre os próximos passos do Spotify. De qualquer forma, os antigos barões da música já devem estar com as "barbas de molho".

Detalhe: a plataforma não está pedindo exclusividade para esses artistas que podem utilizar outras plataformas como a Apple Music para distribuir suas obras.

Está aí um movimento que vale acompanhar de perto.