Por que escrever um livro?

16 março 2018

Está lançado, oficialmente, meu 3o livro, o " Gestão do Amanhã: tudo o que você precisa saber sobre Inovação, Gestão e Liderança para vencer na 4a Revolução Industrial" escrito em parceria com José Salibi Neto.

O ambiente é muito distinto do lançamento de meu 1o livro, o "Vendas 3.0", há 10 anos.

Na época a única forma de levar meu conhecimento a uma audiência maior era por meio de um livro já que a Internet não possuía a massificação atual. Assim, eram óbvias as razões para produzir um produto editorial.

Mas, e hoje? Por que em um ambiente de democratização massiva da informação ainda faz sentido lançar um produto físico?

Essa é uma pergunta instigante que muitos me fazem.

Vou responder por mim. Não significa que essa seja a verdade absoluta (como sempre).

Ao escrever um livro é necessário passar por uma triagem prévia realizada por Editoras consagradas, no nosso caso a Gente, que seleciona seus autores e conteúdos. Assim, existe um endosso especializado que cria valor para o projeto e os autores.

Porém, em meu caso, minha maior motivação é registrar meu pensamento e legado de forma definitiva, tangível e concreta.

Livros são armazenados para consulta futura de forma muito mais definitiva do que produtos digitais.

Me fascina, novamente, a ideia de ter pessoas lendo meu livro nas ruas, livrarias e espalhadas em todo Brasil.

Pode ser ainda um resquício de um passado em transformação (paradoxalmente, o tema de meu novo livro), porém essa perspectiva é que me toca.

O ônus é que, sempre que lanço um livro, me exponho ainda mais. Em um ambiente repleto de patrulhamento e haters, é sempre desafiante.

Receber críticas agressivas e pouco embasadas machuca. É como se eu recebesse um soco na boca do estômago. Por outro lado, me desafiam as opiniões profundas, contrárias as minhas. Por isso, o risco compensa.

O livro já está a disposição de todos e adoraria receber seu feedback sobre seu conteúdo.

Ah, você aí do Rio se liga que dia 05/04 estaremos aí. Mais adiante compartilho os detalhes.

Estão lançados os dados.

P.S. Já tenho outra obra, praticamente pronta, sobre Vendas. Ainda estou refletindo como lançar esse novo projeto, mas, ainda esse ano, vem mais coisas por aí...